85

Tira as sandálias
24/10/2017

Texto Bíblico: Êxodo 3:5

É estranho pensar que o primeiro imperativo de Deus para a vida de Moisés tenha sido este. Antes de liderar a marcha do povo, de redigir as leis, era necessário retirar as sandálias dos pés, porque aquele lugar era uma terra santa.

Lembro-me de ter sido orientado a fazer o mesmo em Guiné Conacri, antes de entrar na mesquita em Catrumã. Do lado de fora, os vários pares de sapatos alinhados pareciam contar a história daquela gente – lugares, estradas, passos, tropeços...

Sapatos são assim, carregam a poeira dos caminhos que trilhamos, das experiências que vivemos. Coisas que precisamos deixar para trás se quisermos percorrer o caminho da santidade.

No deserto Moisés se despiu das roupas do palácio, da arrogância de quem pensava que pela força poderia vingar o sofrimento dos seus irmãos, do rótulo de “filho da filha de Faraó”.

No deserto ele era somente um homem com seu bordão, pronto para descobrir a coisa mais preciosa da vida - que qualquer lugar, ainda que seja um deserto, se transforma em lugar santo, se Deus está presente.

Desertos funcionam como um convite à realidade. Por os pés no chão é a primeira coisa que precisamos fazer para superar as dificuldades. Não é só descer do salto, é abandonar as sandálias, pisar as pedras, o solo quente, sentir o chão que se está pisando.

O caminho de Moisés seria longo, foram 40 anos de travessia no deserto. A ordem de Deus soa contrariando toda a nossa lógica, para nos mostrar que Ele é a única proteção que precisamos. Afinal, não há estrada tão difícil que não possa ser percorrida, mesmo descalço, se Deus estiver conosco.

(Pr. Roberto Amorim de Menezes)