56

Se tu não fores comigo...
25/09/2017

Êxodo 33:15

Em um momento crucial da caminhada do povo de Israel, após sua corrupção aos pés do monte Horebe, Moisés tem um diálogo com o Senhor que expressa bem o sustentáculo da vida cristã: a presença de Deus como condição para a caminhada, para o nosso prosseguir. A sua condução em cada passo de nossos sonhos, projetos e mesmo no dia a dia, na rotina, no comum do nosso viver.

Composto de uma beleza poética é o dizer do apóstolo Paulo quando declara que nEle vivemos, nos movemos e existimos, não deixando lacuna para uma existência fecunda à margem do Deus todo poderoso, que é justiça e amor inexplicável.

Assim também nós, ao experienciarmos esse Deus, ansiamos que Ele esteja nos movendo e direcionando, ainda que nem sempre seja fácil crermos que ao final chegaremos a pastos verdejantes.

De certo modo, a igreja também é um povo a ser conduzido à terra prometida. Particularmente, a Igreja Batista do Farol é uma nação centenária, que foi se formando a partir de homens e mulheres inspirados e guiados por Deus para pescar vidas para Cristo. Hoje, nós somos parte dessa caminhada e, para que sejamos uma igreja forte e ativa, cada membro deve ter um relacionamento íntimo e profundo com o Senhor. “Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui.” (Êxodo 33:15).

(José Edson e Nelma Lopes Alves)