42

Coragem e Bom Ânimo!
11/09/2017

Texto Bíblico: Josué 1: 9

O medo, a insegurança, a ansiedade e o desânimo são inerentes à natureza humana; agir com confiança diante das dificuldades da vida nem sempre é uma tarefa fácil. No Antigo Testamento, a Bíblia nos relata que o sucessor de Moisés, Josué, teve que lidar com todas essas emoções, ao sentir o peso da responsabilidade de conduzir o povo de Israel rumo à Canaã.

Ser cristão, marido, pai, filho, irmão, amigo, profissional, servo ou líder, exige sensibilidade e coragem; no exercício dessas funções, temos a oportunidade de perceber o poder e agir de Deus nas tarefas simples e complexas da vida. Somos limitados, falhos, e não raras vezes recuamos quando o Senhor nos ordena a marchar rumo às bênçãos que Ele nos prepara, e assim nos distanciamos da “Terra Prometida”.

O comentarista Wiersbe afirma: “Deus comissionou Josué para realizar três coisas: conduzir o povo à terra, derrotar o inimigo e tomar posse da herança. Deus poderia ter enviado um anjo para fazer isso, mas escolheu usar um homem e dar-lhe o poder de que precisava para cumprir seu trabalho.” Josué teve medo, mas o enfrentou, confiou no Senhor, no ministério concedido, agiu e teve êxito, cumprindo o plano do Senhor para o Seu povo.

Todos nós - em algum momento da vida - seremos desafiados por Deus a agir com coragem e bom ânimo. Não há exatidão de tempo, não há idade ou circunstância favorável à ação, mas o coração que reconhece a soberania do Senhor - e se dispõe a ser transformado - é fortalecido e preparado para enfrentar as batalhas que inevitavelmente virão.

Josué agiu e conquistou a Terra Prometida, Cristo agiu e nos reconciliou com Deus, nos garantiu a vida eterna na mais sublime atitude de coragem, manifestando amor e concretizando o plano de salvação da humanidade.

Como cristãos, buscamos ser espelho de Jesus. O que nos dificulta a agir com coragem e bom ânimo para que o mundo veja a glória de Deus através de nossas vidas? Oremos, lutemos, confiemos e descansemos, na certeza que a promessa sempre há de se cumprir em nossas vidas.

(Robson Alves da Silva Costa)