02

A Celebração da Vida
02/08/2017

Texto Bíblico: João 10:10b

Diz a sabedoria popular: “O importante não é acrescentar anos à vida e, sim, VIDA aos anos”. Com este jargão, perguntamos: O que estamos comemorando? 100 anos cronológicos de História da Igreja Batista do Farol, ou 100 anos de vida? A princípio pode até parecer que não há diferença alguma. Mas HÁ. A igreja local recebeu do Senhor Jesus Cristo a maior de todas as missões: “Ide e fazei discípulos…” (Mt 28:19). É o que temos feito? Nestes 100 anos de história, dos quais participei por 73 anos de minha vida, proclamamos a Mensagem de Vida, de salvação? É isto que estamos a celebrar?

Quando leio Atos 1:8, vejo ali, na Palavra que sou “uma testemunha”. Quando leio Mateus 24:14 vejo que o mundo todo depende de mim para perceber a mensagem de vida para que Cristo possa voltar. Mas, a pergunta é: e se eu não for levar esta mensagem da vida… a profecia vai ser cumprida apesar da minha indiferença. Neste contexto eu preciso estar celebrando 100 anos de história, mas acima de tudo, 100 anos de vida através do meu testemunho e de todos que fazem a Igreja Batista do Farol. Daqueles que já passaram e gastaram suas vidas no testemunho e na proclamação do evangelho em Alagoas, e poderíamos citá-los quase todos numa homenagem póstuma aos servos bons e fiéis que nos trouxeram até aqui e proclamaram a Vida plantando igrejas.

E nós, nesta celebração, vamos contar anos históricos ou vamos acrescentar VIDA aos 3 milhões de pessoas que vivem neste Estado de Alagoas e que ainda não experimentaram a verdadeira VIDA em Cristo Jesus? Celebremos, pois, a VIDA que Cristo nos tem outorgado pelo seu sacrifício vicário e ressurreição. E aproveitamos a Vida que Ele nos deu para proclamar vida para que todos os alagoanos experimentem aquilo que recebemos do Senhor Jesus: VIDA abundante e eterna, a tarefa é nossa!

(Joel Borner membro há 73 anos e diácono da Igreja)